SÓ PERDE PARA CAPITAL: Osasco alcança segunda maior economia no Estado de São Paulo e nona no País

dezembro 18
20:48 2015

Osasco encerra o ano como o 9º maior PIB (Produto Interno Bruto) do País. O município é a 2ª maior economia do Estado de São Paulo, atrás apenas da Capital. A cidade supera Campinas e Guarulhos, além das capitais Salvador (BA) e Fortaleza (CE). A informação é do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que divulgou os dados e resultados da pesquisa “PIB dos Municípios 2013” (http://goo.gl/VZPstJ) nesta sexta-feira (18/12).

O prefeito de Osasco, Jorge Lapas, comentou a pesquisa. “Tenho certeza que nosso esforço no sentido de promover o desenvolvimento econômico de Osasco tem contribuído para esse resultado. Nossa administração trabalha firme para transformar Osasco em uma cidade ainda mais forte e competitiva, fazendo com que sua força econômica coloque-a em projeção nacional”, comemorou.

O PIB representa a soma de todos os bens e serviços produzidos por uma cidade. A pesquisa foi aplicada em parceria com os órgãos estaduais de estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus. De acordo com o resultado, Osasco contribui com 1,04 % do total do PIB do País e está no grupo das oito cidades do Estado de São Paulo que se destacaram na geração de riqueza no Brasil: cada uma teve participação, em 2013, de mais de 0,5% do PIB do país. Segundo o IBGE, esse grupo tem “grande integração entre indústria e serviços”. Dessas cidades, Osasco e Campinas estão no topo do ranking, ambas gerando 1% do valor adicionado em 2013. Guarulhos e São Bernardo do Campo ficaram logo atrás, com participação de 0,9%. Depois vêm Barueri (0,8%), Jundiaí (0,7%), São José dos Campos (0,5%) e Sorocaba (0,5%).

O Produto Interno Bruto registrado de Osasco é de R$ 55.515.707. A cidade demonstrou desenvolvimento importante na área de serviços. Segundo as informações oficiais, 71,7% do valor adicionado do PIB de Osasco, ou seja, R$ 39.807.000, são referentes à geração de riquezas na cidade.

Em 2013, sete municípios (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Manaus e Campos dos Goytacazes) concentravam cerca de um quarto do PIB do país. Já as 27 capitais, somadas, representavam 32,8% da economia brasileira. De 2010 a 2013, período de análise da pesquisa, não ocorreu alteração significativa entre os municípios com maior participação no PIB. O PIB per capita do país, em 2013, foi R$ 26.444.

Sobre o Autor

admin

admin