Prefeito Lapas sobre o Novo Centro: Osasco será referência no País

 Extra!
dezembro 15
22:28 2015

O projeto original data de 2009 e foi novamente discutido em Audiência Pública organizada pela prefeitura, reunião coordenada pela Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano na semana passada. Na pauta, profundas mexidas na região central de Osasco com o deslocamento da prefeitura e da Câmara Municipal para a chamada Praça Cívica, área próxima à estação da CPTM.

Essa mudança modificará radicalmente o visual da cidade, afetando beneficamente os bairros Bonfim e Rochdale, na zona Norte, bem como como todo trecho do rio Tietê até o viaduto Tancredo Neves, limite com o Jardim Piratininga.

A Audiência Pública contou com representantes de vários segmentos para um projeto de tamanho gigantismo, mas também teve participação especial dos diretamente envolvidos nessa operação, os moradores. Diante de minuciosas discussões, o projeto de 2009 sofreu alterações consideráveis até ser finalmente aprovado.

O que a prefeitura fez questão de deixar bem pautado é que essa transformação não acarretará qualquer tipo de privação às política bases tocadas pelo prefeito Jorge Lapas nas áreas da saúde, educação, cultura, segurança, esporte e lazer. Simone Beralda Tavares é diretora do Departamento de Uso de Solo e detalhou que a prefeitura não terá gastos nessa operação, já que há benefícios em pauta com a iniciativa privada para investimentos na região.

Há um Grupo de Gestão que está cuidando de todo procedimento entre prefeitura e setor privado para a construção da nova sede do Executivo, da Câmara e também de um teatro na Praça Cívica. “As pessoas participaram bastante, perguntaram, demonstraram com as perguntas que entenderam bem sobre a operação, e agora com tudo aprovado, partimos para uma nova etapa”, comemorou a diretora Simone Beralda.

Ela reforçou que antes dessa Audiência Pública a prefeitura cuidou de organizar várias reuniões locais com os moradores daquelas áreas e, assim, que essa megaoperação não é um assunto novo. O que ficou de novo foram as alterações em cima do projeto original de seis anos atrás.

As obras da nova prefeitura, Câmara Municipal, Novo Paço e teatro da Praça Cívica tiveram início em fevereiro do ano passado. Segundo o prefeito Jorge Lapas, Osasco terá um centro político de referência em todo País, já que os dois poderes estarão num mesmo local à serviço da população.

O terreno fica no Jardim Bonfim, colado à estação da CPTM e à rodoviária, numa área de 25 mil m² – o prédio da prefeitura terá 21 mil m², o da Câmara Municipal 4 mil m², mais subsolo com estacionamento para 500 veículos.

Na área de acesso aos dois poderes, o cidadão encontrará um tipo de shopping com serviços municipais, mais um Portal do Trabalhador e um teatro para 700 espectadores. O paisagismo será cem por cento ambiental e também com um terraço ecológico fazendo frente a um restaurante. A Câmara Municipal terá auditório com 180 lugares.

Outra novidade é que a prefeitura estará se subdividindo nessa mudança, pois o prefeito criará uma subprefeitura na zona Norte e outra na Zona Sul. A primeira será na rua Irene Pereira Leitão (Jardim Aliança), a outra na rua Antônio José Nurchis (Vila Pestana).

Toda essa mudança estará redirecionando o fluxo de Osasco para o novo centro político, já que uma extensa rede de investimentos terá sequência. “Osasco terá um novo centro comercial”, destacou o prefeito Jorge Lapas, reforçando que a cidade será referência em todo País. (Márcio Silvio)

 

FOTOS, Pedro Godoy

15. Audiência Pública 3_Pedro Godoy 15. Audiência Pública 2_Pedro Godoy 15. Nova prefeitura 1

Sobre o Autor

admin

admin

CONTAGEM PARA 2018