Governos de sete países avisam turistas sobre o Rio: evitem

 Extra!
Governos de sete países avisam turistas sobre o Rio: evitem
outubro 26
19:53 2017

O mesmo Rio de Janeiro que vende a euforia do carnaval para o mundo todo, é o mesmo Rio que faz todo mundo tomar medidas para que turistas evitem a Cidade Maravilhosa. Com o assassinato da espanhola Maria Esperanza Jimenez Ruiz, 67, parece que a famosa linha vermelha do Rio ganha alcance internacional.

Governo de sete grandes países estão orientandos os respectivos turistas quanto a realidade dessa que é uma das principais vitrines do Brasil. E o fato é justamente esse, vitrine turística por natureza e ao mesmo tempo, berço do banditismo.

E todo mundo sabe que não se trata de uma violência urbana apenas, mas de um estado de violência acima da segurança pública. Por conta disso, governos da Inglaterra, França, Estados Unidos, Espanha, Portugal, Alemanha e Itália reforçam nos sites oficiais que o Rio de Janeiro é uma cidade violenta, perigosa, devendo ser evitada – referência direta às favelas.

Compartilhar

Sobre o Autor

Marcio Silvio

Marcio Silvio

CONTAGEM PARA 2018