Chuvas da madrugada representaram 23% do esperado para o mês de setembro

setembro 28
20:19 2015

São Paulo, 28 – Um temporal durante a madrugada desta segunda-feira, 28, derrubou ao menos 38 árvores na cidade de São Paulo, segundo o Corpo de Bombeiros. A chuva deixou dezenas de semáforos desligados e quatro pontos de alagamento que atrapalharam o trânsito da capital durante a manhã.A cidade ficou em estado de atenção para alagamentos por cerca de duas horas, entre 0h45 e 2h50. Até o horário em que o estado de atenção foi retirado, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo havia registrado uma média de 15,7 mm na capital, o que representa 23% do volume esperado para todo o mês.

A queda de uma árvore atingiu duas pessoas na Rua Regina Garba, no Jardim Paulistano, na zona norte. Elas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas a um pronto socorro com ferimentos na coluna. Na Avenida Deputado Cantídio Sampaio, também na zona norte, uma árvore caiu sobre uma casa mas não houve vítimas. Segundo o Centro de Controle Operacional Integrado (CCOI) da prefeitura de São Paulo, apenas 18 casos de queda de árvore foram reportados ao órgão e repassados para o atendimento das subprefeituras.

A Avenida Ibirapuera, na zona sul, foi a mais atingida pelos problemas de eletricidade que desativaram semáforos na capital. Às 6h30, sete faróis estavam desligados entre os cruzamentos com a Rua Vieira de Moraes e a Avenida Rouxinol, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Às 9h40, cinco destes semáforos já haviam sido consertados, e 0,9% dos semáforos da capital permaneciam desativados ou em manutenção. (Estado)

Sobre o Autor

admin

admin