Bombeiros continuam combate a incêndio e fumaça tóxica no Guarujá

Janeiro 15
11:31 2016

SÃO PAULO. Técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e o Corpo de Bombeiros ainda trabalham, nesta sexta-feira, no combate à fumaça tóxica que se espalhou após incêndio em . Por volta das 6h, ainda havia focos de fogo e fumaça no local, embora o fogo esteja bastante controlado.

Segundo a Cetesb, um contêiner contendo ácido dicloro isocianúrico entrou em contato com água; essa reação gerou o incêndio e liberou uma nuvem tóxica que se espalhou pelo Porto de Santos. Além do Guarujá, Santos, São Vicente e Praia Grande são atingidos pela fumaça que, segundo a Cetesb, possui pelo menos três elementos químicos já identificados nela. Entre os efeitos do gás, náuseas, vômito e coceiras na garganta.

Até o início da manhã de hoje, pelo menos 66 pessoas procuram hospitais de atendimento nessas regiões, mas todas foram liberadas. As autoridades recomendam usar pano seco e máscara para evitar inalação do gás.

O acesso ao Porto de Santos funciona normalmente. O trabalho é demorado porque cada contêiner contém materiais químicos diferentes e precisa ser combatido de diferentes maneiras. (Globo)

Sobre o Autor

admin

admin